LIVROS

Reforma Política

Reforma Política

“(…) Um eleitorado mais ignorante é mais fácil de ser agradado pelas classes dirigentes. Daí muitos regimes exercerem severo controle da informação para poderem se manter no comando, seja pela censura, seja pela baixa educação política. (…) Nosso índice de analfabetismo (do Brasil) é relativamente alto: cerca de 13 milhões de pessoas em quase 200 milhões. Para piorar, nosso analfabetismo funcional está próximo dos 27% da população. São pessoas que sabem escrever seu nome, mas quase não entendem nada do que leem. Aliando tal situação ao baixo interesse na leitura, ao baixo poder aquisitivo, aos baixos índices de circulação de revistas e jornais e à aquisição maciça da informação pela televisão com suas características próprias, temos uma situação ideal para o desinteresse e a baixa conscientização política.”

“(…) pesquisa do IBGE realizada em quatro estados (Pará, Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Sul) e o Distrito Federal, com mais de cinco mil pessoas com 10 anos de idade ou mais, apontou que a leitura ocupa escassos 6 minutos do tempo diário das pessoas, enquanto elas assistem à televisão, em média, durante 2 horas e 35 minutos! Caso se considere a relação de atividades simultâneas, o tempo dedicado à televisão chega a assombrosas quatro horas e 52 minutos!”

Esses dois trechos possibilitam compreender a magnitude e importância desse material. O livro é objetivo e possibilita entender como funciona a política brasileira e coloca em debate sugestões de mudança para uma vida política mais limpa no Brasil. Trata-se de uma leitura essencial para o brasileiro.