HISTÓRIA DO BRASIL
ESCOLHA UM TÍTULO

17.03 AS REVOLTAS DA REGÊNCIA

17.03 AS REVOLTAS DA REGÊNCIA

O período da História brasileira que compreende os anos de 1831 a 1840 foi uma fase conturbada. Por todo o Brasil ficou claro que não havia uma identidade clara com o governo central. As províncias desejavam maior autonomia em suas legislações por um lado enquanto, por outro, o Império tinha todo poder em suas mãos, graças ao poder moderador. Foi uma fase difícil, mas com lampejos de boa política e progresso na concepção da administração pública. Chegou-se muito perto de um governo democrático e uma república. Mesmo assim, uma série de rebeliões estouraram por todo o país. Normalmente essas rebeliões começavam por razões elitistas, mas acabavam adquirindo caráter popular no decorrer da Revolta. Sempre ficou claro que a população humilde, interiorana era esquecida.

Desde os tempos de colônia, sempre privilegiou-se a opinião dos setores conservadores, dos donos de terras. Por isso, quando as revoltas começavam, o povo aproveitava a "deixa" para fazer a catarse de todas as suas frustrações. Tentativas de Golpe, Guerras, arranjos políticos. O período regencial foi curto, porém muito agitado.