HISTÓRIA DO BRASIL
ESCOLHA UM TÍTULO

20.04 AS REBELIÕES RURAIS NA REPÚBLICA VELHA

20.04 AS REBELIÕES RURAIS NA REPÚBLICA VELHA

A República Velha (1894-1930) foi uma fase da História do Brasil que deixou as minorias sociais abertamente alienadas, esquecidas. A carência de cuidados para com a população mais pobre era tão grande que, não raro, muita gente se apegava a ermitões ou líderes religiosos que atendiam minimamente as necessidades dessa população. As revoltas se espalhavam pelo Brasil conforme o governo federal, estimulado pela política oligárquica, sentia-se ameaçado pela organização e mobilização dessa população esquecida.

Esse descuido do governo, seja federal ou mesmo estadual, deixava a população carente suscetível a autoridades morais, messiânicas. Um líder messiânico dá atendimento espiritual, fraternal e, às vezes, até intelectual e material. Como o interesse das autoridades políticas girava em ter poder pelo próprio poder, era comum que a população sertaneja vivesse esquecida. Nas principais rebeliões rurais do Brasil, Canudos e Contestado, a população sertaneja só foi lembrada quando, de alguma maneira, se interpôs aos interesses do governo.