HISTÓRIA DO BRASIL
ESCOLHA UM TÍTULO

23. GOVERNO DUTRA

23. GOVERNO DUTRA

Em enciclopédias e livros de História do Brasil, o governo Dutra passa quase desapercebido. Foi mesmo um governo pouco relevante, mas aqui existem elementos que precisam ser destacados. Após a Segunda Guerra Mundial, o Brasil tinha um importante superávit na sua balança comercial. Dutra resolveu usar esse lucro em programas que pudessem modernizar o Brasil; para tanto, foi criado o Plano Salte – Saúde, Alimentação, Transporte e Energia.

Obras como a construção da Usina do Rio S. Francisco foram muito positivas pois promoveram um aumento significativo na produção de energia. Entretanto, o aumento populacional nos centros urbanos aumentou o custo de vida e fez a inflação disparar. Dutra cortou o salário mínimo pela metade e acabou angariando uma baixa popularidade.

Além dos erros estratégicos na macro-economia, Dutra encerrou o Partido Comunista em maio de 1947 e promoveu perseguição aos meios de comunicação de viés socialista. Por fim, ao deixar o governo em janeiro de 1951, legou ao seu sucessor uma balança comercial deficitária. Na ausência de líderes, Getúlio venceu as eleições de 1950 com 48% dos votos. Era a volta democrática do ditador.

É sempre importante lembrar que alguns manuais de História consideram essa fase como um período de REdemocratização. O termo é equivocado uma vez que não houve democracia antes de Dutra e tampouco houve democracia clara em seu governo.