HISTÓRIA DO BRASIL
ESCOLHA UM TÍTULO

29. A DITADURA MILITAR

29. A DITADURA MILITAR

É importante compreender que as Forças Armadas não eram um todo homogêneo. Haviam pelo menos dois grupos distintos envolvidos diretamente com as decisões concernentes ao governo militar: tecnocratas e os “linha dura”. Os tecnocratas tinham, em sua maioria, cursos civis, formação na Escola Superior de Guerra e defendiam que o governo dos militares seria transitório, apenas para garantir a normalidade democrática e entregar o país sem crise financeira para um presidente civil rapidamente. Os “linha dura”, por sua vez, entendiam que o perigo comunista era iminente e que os militares deveriam permanecer no poder por longo prazo até que qualquer resquício de comunismo fosse eliminado.

Castelo Branco era um tecnocrata, mas a suposta necessidade dos militares de garantir a normalidade política concentrou, paulatinamente, poderes nas mãos do Executivo. Já no dia 9 de abril, antes mesmo da chegada de Castelo Branco à presidência, foi outorgado o Ato Institucional #1 (AI-1).