HISTÓRIA DO BRASIL
ESCOLHA UM TÍTULO

32. ITAMAR FRANCO (1992-1993)

32. ITAMAR FRANCO (1992-1993)

Itamar Franco teve passagem meteórica pela presidência. Mas sua marca é muitas vezes esquecida. Teve o benefício de se distanciar da imagem e da política econômico de Collor. Trouxe Fernando Henrique Cardoso da pasta das Relações Exteriores para o Ministério da Fazenda. Ampla campanha foi idealizada no país para a implantação de um novo sistema econômico que pudesse acabar com a inflação.

Durante o governo de Itamar Franco, o povo passou a ser “educado”, por discursos do próprio Ministro da Fazenda a não terem a sensação de que teria dinheiro com a reforma monetária. O povo era continuamente instruído a pesquisar preços. Ao invés do natural “choque” econômico, houve uma transição suave de moedas, do cruzeiro para o cruzeiro real e a URV (unidade Real de Valor). Quando um dólar chegasse ao patamar de Cr$1250,00, a conversão seria feita para o real. Assim, o Plano Real foi lançado em julho de 1994 trazendo uma estabilidade econômica jamais vista na História do Brasil. De imediato, a moeda brasileira era negociada na proporção de R$0,86 para US$1,00.

O Partido do Ministro Fernando Henrique viu no Plano Real uma chance real de fazer o novo presidente da República. Aliaram-se ao conservador Partido da Frente Liberal (PFL) e lançaram a candidatura de FHC. Foi uma vitória avassaladora sobre o principal candidato de oposição, Luís Inácio “Lula” da Silva, que se opôs a todo momento ao plano econômico que salvava o país de anos de uma inflação destruidora. Fernando Henrique venceu no primeiro turno e Itamar Franco deixara seu legado.